Muito mais que apagar incêndio

Apesar de a profissão de bombeiro possuir mais de um século e meio de idade no Brasil, muitas pessoas não conhecem, em suma, o que faz um bombeiro militar e, sobretudo, o que faz o oficial combatente bombeiro militar. A população tem contato com os bombeiros, geralmente nos momentos de crise e emergência, considerados os momentos de intervenção. Esta, realmente é a principal atividade, porém há muitas outras que são ainda inerentes à profissão.

Como simples conceito, o oficial bombeiro militar é um agente público responsável por proteger a incolumidade das pessoas. Dentro dessa idéia, este trabalho vai muito além da intervenção nos momentos de crise. Este profissional está envolvido também na prevenção, preparação, ação de resposta e de recuperação. As ações mais conhecidas e sentidas são as de resposta, entretanto a autoridade delegada ao oficial bombeiro militar lhe dá muitas outras responsabilidades.

 

Logo após formado

Após os três anos de formação na Academia e de muito aprender, os cadetes são declarados Aspirantes-a-oficial e designados ao local no qual prestarão serviço que pode ser em qualquer um dos quartéis, distribuídos por todo o Estado do Rio de Janeiro. Os Aspirantes cumprem o expediente integral realizando as diversas funções que lhes são delegadas. As funções são sempre ligadas direta ou indiretamente à atividade-fim.

Diretamente, quando o Aspirante cumpre seu serviço de 24 horas como Comandante do Socorro, prestando atendimento à população, salvando e protegendo vidas e riquezas. E indiretamente, cuidando da guarnição e da vida do quartel de diferentes formas para que a atividade de bombeiro possa ocorrer da melhor forma possível e para que o cumprimento da missão seja sempre perfeito.

 

Cadete BM 1743 Barros, no site da ABM D. Pedro II

Exibições: 1042

Respostas a este tópico

VIDA ALHEIA E RIQUEZAS SALVAR!

RSS

Publicidade